Notícias

Você está em: Página Inicial > Imprensa > Notícias

Audiência pública sobre TBO é realizada na Câmara de Vereadores

Data de inclusão: 18/12/2017 17:32

Na noite de sexta-feira (15), no Plenário da Câmara de Vereadores de São Bento do Sul foi realizada a audiência pública sobre a TBO – Tarifa Básica Operacional. Os vereadores Nivaldo Bogo (PMDB), Marco Redlich (PP) e demais autoridades participaram do evento.

A Tarifa Básica Operacional – TBO, será implementada no município, e cobrada na conta de água dos consumidores, com a leitura por consumo de água de cada ligação.

O diretor-geral da Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento – ARES, Adir Faccio, durante seu pronunciamento de abertura da audiência, falou sobre os trabalhos desenvolvidos pela agência, e sobre o novo modelo tarifário. “Com o modelo atual tarifário, cometemos uma grande injustiça com quem consome menos. Nosso papel como agência reguladora, é defender um modelo de qualidade, uma prestação de serviço relevante e, que a empresa que presta o serviço, seja autossuficiente”, disse Faccio.

Já para o assessor de imprensa da Prefeitura Municipal, Joberth Krause, com a implantação do novo modelo tarifário, incentivará a população a economizar no consumo de água. “Com a implantação da nova forma de cobrança da tarifa de água, incentivaremos a população a economizar. Outro ponto favorável, é que a taxa de esgoto é calcula de acordo com o valor pago na água. Então, todos pagarão menos. Ou seja, haverá uma redução no volume a ser tratado pelo SAMAE. Todos ganharão com isso”, explicou Joberth.

O vereador Marco Redlich, durante a audiência, falou sobre o novo modelo tarifário. “Com a implantação da TBO, por exemplo, a taxa atual que cobra um valor fixo para o consumo de até 10 metros cúbicos de água, e valores progressivos para quem consome além dos 10 cúbicos, será modificada para a leitura por metros cúbicos consumidos, ou seja, os consumidores pagarão exatamente pelo volume de água consumido no mês”, comentou Redlich

Redlich acrescenta: “A nova forma de cobrança a ser adotada pelo SAMAE, vai ser mais justa, pois ninguém mais vai pagar pelo que não consome. Hoje, muitos tem que pagar pelos 10 (dez) metros cúbicos, independente se usam ou não, e com a TBO, vai tornar a cobrança justa a quem consome menos, consequentemente, pagará menos.”

O vereador Nivaldo Bogo, questionou durante a audiência pública, se o novo modelo tarifário apresentará, realmente, uma redução para os consumidores e como ficaria, consequentemente, o equilíbrio financeiro da Autarquia. “A minha preocupação é que, com a redução nos valores das faturas de, praticamente, 64 (sessenta e quatro) por cento dos consumidores, como ficaria o equilíbrio financeiro da Autarquia? Vejo de forma positiva o beneficio que os consumidores terão com essa redução de custos, porém, gera uma certa preocupação com relação o equilíbrio financeiro do SAMAE. Sabemos da necessidade de recursos para futuros investimentos, mas, conforme explicaram os representantes da agência reguladora, os valores serão compensados através das cobranças dos maiores consumidores, ou seja, os que consomem mais”, relatou Bogo.



Assessoria de Imprensa
Câmara de Vereadores de São Bento do Sul

Imagens relacionadas

Assista a
Sessão Ao Vivo
Assista as
Sessões Gravadas
Portal da
Transparência
Conheça os
Vereadores
Pauta das
Sessões
Matérias
Legislativas
Endereço e
Localização
Rua Vigando Kock, 69
Bairro: Centro
São Bento do Sul (SC)
CEP: 89280-367

Telefone

(47) 3633-4446
Todos os direitos reservados © 2015 - Câmara de Vereadores de São Bento do Sul